segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Pelé, 70

Nossa "majestade", o "rei" Pelé completou 70 anos de vida. Não há muito o que explicar. Apenas a admiração, a contemplação daquilo que chegou mais perto da perfeição. Estará para sempre numa categoria à parte, inalcançável, muito distante dos pobres mortais do mundo da bola. Podemos categorizar os bons jogadores, os craques, os gênios, os "deuses", mas Pelé estará sempre num patamar acima, solitário, sendo eternamente a personificação do inexplicável.

Reproduzo abaixo um dialogo interessante do vereador bauruense Roque Ferreira (apanhado do Facebook) numa breve citação sobre o que "significa" Pelé:

- Roque: Pelé... só isso basta.
- Daniel: Foi ministro do FHC, heim? Tudo bem que Orlando (Silva Júnior, Ministro dos Esportes do governo Lula - destaque meu) jogando deve ser uma desgraça, mas foi, heim?
- Roque: Quem foi ministro foi o Edson Arantes do Nascimento. Pelé foi perfeito como jogador de futebol.

Sim, é preciso saber separar os dois, mas não é minha pretensão ficar explicando aqui. Nada melhor que as imagens falando por si mesmas. Pelé não precisa de explicações. Ele é inexplicável.

Nenhum comentário: